quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Figurinistas: Entrevista com Gogóia Sampaio

Há quem não sofra influências. Mas, é fato que as novelas são um dos maiores catalisadores da informação de moda no Brasil. Elas instigam as diferentes classes sociais e apresentam tendências e novidades da indústria da moda de uma forma leve e natural. Além disso, estes programas são uma prova consistente de que a moda é uma forma de comunicação eficaz, que delimita grupos e expressa as mais distintas personalidades.

Os diferentes cortes de cabelo, os detalhes nas maquiagens, acessórios inusitados e os mais distintos modelitos utilizados nos personagens ganham as ruas com uma rapidez que deslumbra. E o mais interessante é saber que por trás de toda esta movimentação, quem “comanda” não são os maiores estilistas e nem os principais bureaux de tendências. Nesta difusão de informação os figurinistas são os grandes precursores. Marília Carneiro, Gogóia Sampaio, Antônio Medeiros e muitos outros fazem parte de um time que tem liberdade para criar e, quando menos esperam, conquistam o gosto do povo.  
Gogóia Sampaio

Há alguns meses conversei com Gogóia Sampaio, a figurinista responsável pelo sucesso de Passione. Super atenciosa, ela contou pra gente que praticamente nasceu em um set, já que sua mãe era produtora de cinema. E a paixão por este universo se consolidou quando passou a ser assistente da renomada figurinista Marília Carneiro, há 20 anos. A dupla trabalhou junto em novelas como O Dono do Mundo (1991), Explode Coração (1995) e na minissérie Anos Rebeldes (1992). Mas, foi em 1996 que ela foi pela primeira vez a figurinista titular de uma novela. Gogóia usou todo seu conhecimento e criatividade em Salsa e Merengue, de Miguel Falabella e Maria Carmem Barbosa.

Porém, quando questionada sobre qual trabalho marcou sua carreira, a figurinista é incisiva em dizer que vestir os personagens do seriado “Sandy e Junior” foi um grande aprendizado. “Foi um desafio tirar de Sandy e de Júnior a imagem de filhos de sertanejos”, conta. Além do seriado, as novelas “Estrela Guia”, “Da Cor do Pecado”, “Belíssima” e “Ciranda de Pedra” também foram marcantes. 

Mariana Ximenes e Sandy no seriado "Sandy e Júnior". O programa ficou no ar até 2003. Crédito

Mas, como funciona a criação da identidade de um personagem? Segundo Gogóia, no primeiro momento a equipe de figurinistas recebe a sinopse da novela. Este material aponta as referências e características de cada personagem. Logo depois, ela e sua equipe desenvolvem um projeto que é finalizado após a escolha do ator e inúmeras provas de roupa. “Eu sempre digo que o figurino é a pele da personagem. É a cobertura do que o autor, o diretor e ator imaginaram”, observa.

Para Gogóia, produzir e caracterizar as vilãs sempre é uma adorável missão. Podemos perceber isso em Passione, na personagem Melina, interpretada por Mayana Moura. Melina está sempre impecável, com roupas cheias de arquitetura, que exalam informação de moda. Porém, por ser vilã, uma aura sóbria paira sobre ela: o preto é o tom que ela mais usa. Este é o resultado de um minucioso trabalho de pesquisas para formar a identidade da personagem.
Melina, interpretada por Mayana Moura. Crédito

A figurinista ainda deixa uma dica para quem pretende seguir esta carreira. “A pessoa precisa ser ligada no que acontece no mundo. Sem contar, é claro, com cursos de especializações e faculdades”, finaliza Gogóia Sampaio.

Alguns figurinos que marcaram época e influenciaram gerações:
1. Na década de 1970, em Dancing Days, a figurinista Marília Carneiro lançou moda, vestindo Sônia Braga com meias de lurex combinadas com sandálias de salto alto. 

2. Jade, personagem de Giovanna Antonelli, na novela O Clone (2001), influenciou com sua maquiagem marcante e acessórios orientais. 
3. Em Estrela Guia (2001) Gogóia vestiu Sandy, protagonista da novela, com peças do universo hippie. O figurino da cantora causou repercussão entre o público
4. Em Belíssima (2005), novela de Silvio de Abreu, os longos e fluidos vestidos da personagem Vitória, interpretada por Cláudia Abreu, fizeram sucesso entre os telespectadores. Gogóia foi responsável pelo figurino.
Esta matéria foi publicada no Mundo Ela.

Um comentário:

Beatriz se M disse...

uma ideia fassa umas maquiagens tire fotos e coloque aqui no site que vai ser um sussesso